A Petrobras informou na manhã desta quarta-feira (3), que o juiz responsável pelas ações ajuizadas por investidores nos Estados Unidos contra a empresa proferiu decisão ontem certificando duas classes de investidores. A certificação de uma classe significa que os pleitos dos investidores dentro da respectiva classe poderão ser conduzidos em conjunto.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa explica que nessa decisão, o juiz determinou que os representantes da classe de investidores cujos pleitos se baseiam no Securities Act serão os autores Employees Retirement System of the State of Hawaii e North Carolina Department of State Treasurer; já o representante da classe dos investidores cujos pleitos se baseiam no Exchange Act será o autor Class Universities Superannuation Scheme Limited.

O juiz também indicou o escritório de advocacia Pomerantz LLP como assessor jurídico de ambas as classes. A estatal afirma ainda que a decisão está sujeita a recurso e que continuará a defender firmemente seus direitos na ação.