Durante seis dias, o Parque da Gameleira recebeu os principais representantes do agronegócio mineiro na 55ª Exposição Estadual Agropecuária. Além de apresentar cerca de 1.400 animais – 12 raças entre bovinos e equídeos –, o evento contou com os julgamentos de 800 cavalos das raças mangalarga marchador, árabe, campolina, jumento pêga, pampa, piquira e pônei brasileiro.
 
No julgamento de pôneis, destaque para a campeã Pretinha, da Fazenda Inharé (Santa Cruz-RN), vendida logo após a premiação. No gir leiteiro, o grande campeão foi Gabarito Ávila, de 14 meses, o mais novo entre os concorrentes. A fêmea da raça girolando Atual Rhoeland, de 36 meses, de Sete Lagoas, conquistou os prêmios nas categorias Três Anos Júnior e Úbere Jovem Fêmea ½ Sangue.
 
Leilões
 
Os leilões movimentaram cerca de R$ 1 milhão durante a Exposição Agropecuária, com a venda de 101 lotes em três pregões. De acordo com os organizadores, foram comercializados 38 lotes da raça campolina marchador, que resultaram em R$ 350 mil, uma média de R$ 10 mil por animal. O leilão de pônei fechou em R$ 246 mil, com a comercialização de 35 lotes, média de R$ 7 mil por exemplar. O maior comprador foi o sertanejo Cesar Menotti.
 
Já o leilão de jumento pêga ofereceu 28 lotes dos estados do Paraná, São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro e Goiás, além de Minas, gerando negócios de R$ 377 mil, uma média de mais de R$ 13,4 mil por animal. Destaque para o jumento pêga de Uberaba, que teve metade da propriedade vendida no leilão por R$ 50 mil.