A sonegação de impostos no Brasil deve alcançar nesta quarta-feira (06), o valor de R$ 300 bilhões, conforme registro no "Sonegômetro". Um caminhão com o painel eletrônico dos dados foi instalado ao lado da rodoviária de Brasília, área central da cidade, pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz).

A intenção é atrair a curiosidade da população e, assim, mostrar o quanto o governo deixou de recolher em imposto apenas nestes oito meses do ano por causa da sonegação dos contribuintes. Até o fim do ano, a estimativa é que o País perca R$ 500 bilhões em arrecadação.

Os R$ 300 bilhões que o governo deixou de arrecadar somente este ano, até agora, correspondem a 12 vezes os gastos com a Copa do Mundo. O "Sonegômetro" foi criado inspirado no "Impostômetro", instalado na avenida Paulista, em São Paulo, que mede o volume de impostos pagos pela população. A iniciativa lançada em Brasília pelos funcionários da Fazenda faz parte da campanha "Quanto custa o Brasil pra você?", realizada pelo Sinprofaz, que quer alertar sobre os impactos da sonegação fiscal no País.