SÃO PAULO - Em artigo publicado nesta quinta-feira (16), a revista "The Economist" classificou a inflação como o "bicho-papão" do Brasil. 
 
O texto diz que o ano "começou mal" para a presidente Dilma Rousseff, com a primeira queda nas vendas dos carros em uma década, com a inflação acima das expectativas do mercado e com a saída de dólares do país. 
 
A matéria também destaca que o dólar fechou 2013 um terço mais fraco do que quando Dilma assumiu o governo, há três anos. 
 
De acordo com a publicação, a presidente "está fazendo tudo o que pode para manter os preços baixos" medida que, de acordo com o texto, segurou a inflação abaixo o teto da meta do governo, de 6,5%. 
 
O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, fechou 2013 em 5,91%.