Dois trens lotados de passageiros descarrilaram na Índia na noite de terça-feira (4), matando ao menos 24 pessoas, de acordo com as autoridades. Os trens caíram de uma ponte perto de um rio que tinha transbordado devido às fortes chuvas. Dois vagões ficaram submersos na lama e o número de mortes pode aumentar.

O trem da companhia Kamayani Express viajava para Mumbai e descarrilou da ponte perto da cidade de Harda, no estado de Madhya Pradesh. O trem da companhia Janata Express, que vinha em direção oposta, descarrilou logo em seguida.

Os trens estavam atravessando uma pequena ponte perto do rio Machak, cerca de 950 quilômetros ao sul de Nova Délhi. Outro trem tinha passado no mesmo local 10 minutos antes do primeiro descarrilamento, sem qualquer problema, mas, em seguida, uma enchente causou um desmoronamento de terra, disse A.K. Mittal, uma autoridade da companhia ferroviária.

Centenas de pessoas ficaram feridas e 25 estão internadas, sendo que uma delas está em estado grave, de acordo com Bijendra Kumar, um funcionário da ferrovia em Bhopal, a principal cidade do Estado de Madhya Pradesh. Mais de 300 pessoas foram resgatadas.

Seis técnicos da Kamayani Express e quatro técnicos da Janata Express disseram que os trens descarrilaram pouco antes da meia-noite. Embora as equipes de resgate tenham chegado rapidamente ao local, a operação foi afetada pela escuridão.

Na manhã desta quarta-feira (5), os vagões que não descarrilaram tinham sido retirados dos trilhos e as operações de resgate estavam se aproximando do fim. Em breve, os trilhos devem ser reparados para que o tráfego possa ser normalizado, de acordo com autoridades.

As fortes chuvas de monção mataram mais de 100 pessoas na Índia na semana passada, inundando rios e campos, forçando milhares de pessoas a se abrigar em campos de refugiados do governo. A chuva diminuiu nesta quarta-feira depois de dois dias de fortes chuvas. Fonte: Associated Press