O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), publicou na tarde deste domingo (20) um vídeo com uma espécie de balanço da semana. Na postagem, o chefe do Executivo estadual diz que teve uma semana "muito corrida e produtiva", com viagem à Brasília e trocas de comando. Ele também prometeu que, até a próxima sexta-feira (25), será apresentada ao funcionalismo público um plano de pagamento do 13º salário. Confira:

Zema, que herdou a dívida do 13º salário do governo anterior, afirmou no vídeo postado no Facebook que compartilha da "indignação de todos que trabalharam e não receberam o que é seu por direito", mas que ainda não havia uma definição de uma escala de pagamento para os servidores estaduais.

A expectativa em torno do pagamento teve início no ano passado, quando o então governador Fernando Pimentel (PT) deixou os cerca de 620 mil servidores mineiros sem perspectiva. À época, ele explicou que Minas Gerais passava por dificuldades financeiras e estava em falta de recursos.

Desde o início da gestão, há 20 dias, Zema era pressionado para dar uma data sobre o pagamento do benefício. "Até sexta-feira, deveremos estar apresentando uma forma de pagarmos o 13º salário, que é o anseio do funcionalismo", afirmou. 

Compromissos

Zema ainda disse em vídeo que,  na semana "corrida e produtiva", participou da troca dos comandos da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e do Gabinete Militar, participou da inauguração do Hospital Mater Dei, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e foi à capital federal pedir apoio.

"Tive a oportunidade de ir a Brasília, onde conversei com vários ministros para tratar de dois pontos muito importantes para Minas Gerais: a duplicação da BR-381 e de nós incrementarmos o nosso turismo", pontuou o governador. Ele ainda adiantou que o presidente Jair Bolsonaro deverá vir, "brevemente" a Belo Horizonte.

Leia mais:
Marcelo Matte vai assumir a secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais
Zema inaugura hospital e enfatiza medidas para criar negócios em Minas
Zema diz que fará 'o possível e o impossível' para honrar dívida com a PM