Empresa suíça de panificação investirá R$ 400 milhões em linha de produção no Sul de Minas

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
28/06/2021 às 18:57.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:16
 (Divulgação/Ind)

(Divulgação/Ind)

A terceira maior indústria de panificação do mundo, a empresa suíça Aryzta, produtora de pães para varejo e food service, anunciou a inauguração de uma linha de produção em Pouso Alegre, no Sul de Minas. O investimento aproximado é de R$ 400 milhões e a fábrica será a maior da empresa em todos os 19 países em que atua. 

“O bom ambiente de negócios em nosso Estado fortalece a geração de emprego e renda. Minas é o melhor lugar para se investir. Estamos acumulando grandes números. Desde 2019 já somamos R$ 122 bilhões em novos negócios ou expansão”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio. 

Segundo o governo, a Aryzta tem em seu portfólio os pães de hambúrguer utilizados nas principais redes de fast food, como o pão australiano do restaurante Outback e as tortinhas vendidas pelo McDonald’s, além de pães artesanais, croissants, cookies, bolos, muffins, brownies.

Com obras iniciadas em abril de 2020, numa área de 18.713,63 m², a nova fábrica será a primeira da indústria de panificação no mundo a ter uma tecnologia de congelamento contínuo, o que significa que o pão será produzido de forma automatizada sem nenhuma interferência humana, garantindo a padronização do produto. 

Emprego e renda

A companhia prevê a geração de 300 empregos diretos e mais de mil indiretos, com uma capacidade de produção de até 75 mil pães por hora. A expectativa para o início das atividades operacionais da fábrica é novembro de 2021. 

“O processo de desenvolvimento de uma fábrica para uma empresa multinacional exige dedicação especial, com envolvimento de equipes e fornecedores de diversos países. É preciso entender processos, prioridades, demandas e encontrar as melhores soluções. Contamos com um enorme apoio do governo do Estado de Minas e da Prefeitura de Pouso Alegre. O empreendimento foi entregue no prazo mesmo com a obra tendo sida executada 100% em período de pandemia”, explica Viktor Nobre, sócio da BTS Properties.

A expansão dos negócios do grupo no país tem o apoio da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi).

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por