Especial Fiat: marca italiana lança novos modelos e atualiza gama

Conteúdo de marca
22/12/2021 às 09:00.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:35
 (Fiat/Divulgação)

(Fiat/Divulgação)

Já foi dito que a Fiat retomou a liderança de mercado. Desde 2015, a marca passou por um processo de reestruturação que impactou nas vendas. Foi um período em que a italiana iniciou o processo de renovação de portfólio, com produtos adequados às exigências do mercado, assim como determinações de emissões e segurança.

O primeiro passo desse processo de renovação foi dado em 2016, com a chegada da picape Toro. A picape foi seguida dos compactos Mobi e Argo, assim como o sedã Cronos. No ano passado, a Fiat lançou a nova geração da Strada, sucesso imediato e líder inabalada em 2021. 

De acordo com o gerente do Brand Fiat para a América Latina, Hugo Domingues, além de ter novos produtos, também era necessária uma mudança de reposicionamento da marca, que se consolidou em 2020. “Foi preciso rever toda a jornada do consumidor, mapeando todos os pontos de contato dele com a Fiat, e promover um reposicionamento completo da marca. Assim, depois de 12 meses de diagnóstico e de planejamento sobre produto, experiência do consumidor e comunicação, lançamos o rebranding da Fiat em 2020”, recorda.

A Toro

De porte intermediário, a picape passou a concorrer em pé de igualdade com os modelos de médio porte. Mas ao invés de recorrer ao antigo conceito de carroceria sobre chassi, a Toro chegou com carroceria monobloco, que torna seu uso mais prático e confortável, sem penalizar a capacidade de carga. A picape é capaz de levar até uma tonelada de carga, em suas versões com motores a diesel.Fiat/Divulgação / N/A

A picape se tornou um sucesso com mais de 277 mil unidades licenciadas desde o lançamento. Em 2021, ainda sob efeitos da pandemia, a Toro fechará com recorde de emplacamentos. De janeiro a novembro foram 65.754 unidades registradas, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automóveis (Fenabrave). A expectativa é que termine o ano acima dos 70 mil carros licenciados.

Renovação

Mesmo com os números de vendas em alta, a Toro passou por importantes mudanças em 2021. A picape estreou o novo motor turboflex 1.3 de 185 cv e 27 kgfm de torque. A unidade chegou para dar mais força e performance à picape. Já as versões Ultra e Ranch, equ</CO>ipadas com motor turbodiesel de 170 cv e 35 kgfm de torque, receberam visual exclusivo, com novas grades e para-choques.

Por dentro, o carro evoluiu com a adição do sistema Fiat Connect, que permite acesso remoto por smartphone e uma série de funções, como alerta de furto e dados do veículo. Como se não bastasse, a picape ainda passa a contar com a assistente pessoal Alexa, chamada de emergência, novo multimídia com conexão Apple CarPlay e Android Auto sem fio, assim como quadro de instrumentos digital. Completam o pacote o sistema avançado de assistência ao condutor (Adas) com frenagem autônoma de emergência, aviso de mudança de faixa, faróis Full LED.

Pulse: o SUV da Fiat

Este ano, a Fiat finalmente entrou no segmento de SUVs compactos, com o Pulse. O modelo chegou para disputar o nicho mais aquecido do mercado de automóveis. Os utilitários correspondem a um terço dos emplacamentos.

Para ganhar terreno, o SUV da Fiat, como ficou conhecido na campanha de lançamento, tem como trunfo o inédito motor 1.0 turbo de 130 cv e 20,4 kgfm de torque, combinado com a novíssima transmissão do tipo CVT, com emulação de sete marchas. Fiat/Divulgação / N/A

“O Fiat Pulse foi um dos veículos mais aguardados do ano, então seu design tinha que estar à altura da expectativa e surpreender o consumidor. Missão que, de fato, conseguimos cumprir. Receber este importante reconhecimento, que é o Prêmio Design MCB, nos enche de orgulho”, afirma o diretor de Design da Stellantis América do Sul, Peter Fassbender.

O modelo chegou para atender ao desejo do consumidor, que buscava o estilo SUV, mas sem um tíquete proibitivo. E o resultado não poderia ter sido melhor. Após três semanas de vendas, o Pulse acumulou mais de 9 mil pedidos.

“Aprendemos em nossa trajetória que o essencial é a experiência do consumidor. Mais importante do que estar focada em volumes, o que conta é ser importante para o cliente. Quando busca um carro, ele não quer um veículo, mas procura benefícios para sua vida. É isto que temos que entregar”, aponta o responsável por Customer Experience da Stellantis para a América do Sul, Geraldo Barra.

Nova Fiorino

Mas a Fiat também está de olho no segmento comercial, que sempre foi um dos braços fortes da sua estratégia. Em dezembro, a marca atualizou a van Fiorino. O modelo passou por retoque visual, ganhou novo para-choque, assim como grade redesenhada. 

Sob o capô, a van passou a contar com a versão modernizada do motor Fire EVO 1.4 de 86 cv e 12 kgfm de torque. A unidade recebeu novos bicos injetores e calibração para atender às exigências do Proconve L7, que passa a vigorar em janeiro de 2022. Ainda segundo a marca, os ajustes reduziram o consumo em 8,3% no álcool e 11,8% na gasolina.Fiat/Divulgação / N/A

Por dentro, a Fiorino também evoluiu. Ganhou painel redesenhado e novos porta-objetos, que facilitam a vida de quem trabalha com entregas. Há inclusive um compartimento para acomodar máquinas de cartão de crédito. Computador de bordo, ar-condicionado, controles de tração e estabilidade, assim como assistente de partida em rampa, completam o pacote.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por