A redução no preço do minério de ferro, principal item da produção e da exportação mineral, pela constante pressão da China, não abalou os resultados do setor. A demanda global por commodities minerais deve continuar em expansão, ou pelo menos estável. A expectativa é que a produção deverá se manter crescente, contribuindo para a recuperação da economia, na avaliação do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM).

Agora o setor prevê expansão seguindo a Agenda ESG (do inglês Environmental, Social and Governance), que envolve práticas ambientais, sociais e governança. 

Esses três fatores juntos identificam o Índice de Sustentabilidade e Impacto Social de empresas, razão pela qual estão sendo discutidos por grandes empresas em todo o mundo. 

O diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Flávio Ottoni Penido, conversa com a repórter Maria Amélia Ávila sobre os desafios do setor de mineração, nesta quarta-feira (6), às 17h30.

A live será transmitida pelo Instagram do Hoje em Dia.

Leia Mais:
Clientes de baixa renda têm até 25 de outubro para negociar débitos com a Cemig
Procon Assembleia recebe até 20 queixas de empréstimos não solicitados em uma semana