Militantes do Estado Islâmico capturaram novas áreas próximas à cidade síria oriental de Deir ez-Zour nesta segunda-feira (18), de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos com na base na Grã-Bretanha.

O governo da Síria disse no domingo que militantes do Estado Islâmico mataram 300 pessoas em um "apavorante massacre" na cidade de Deir el-Zour durante o final de semana.

O Observatório informou que o grupo terrorista capturou uma base do exército e um depósito de armas na aldeia de Ayash, além da própria cidade, que fica ao norte de outra cidade que foi capturada no fim de semana.

O Estado Islâmico controla a maior parte da província de Deir el-Zour e grande parte capital, que tem o mesmo nome, enquanto o governo controla alguns distritos em partes do norte da cidade e o aeroporto militar. Fonte: Associated Press.