A cidade de Ferguson, no estado norte-americano do Missouri, viveu mais uma noite de protestos nesta segunda-feira, porém, diferente dos atos dos últimos dias, as manifestações ocorreram sem maiores incidentes, em meio a um forte esquema de segurança.

A exceção foi de um grupo de pessoas que atirou projéteis em direção à polícia na rua, mas que foi logo contido pelas autoridades.

Durante o ato, oficiais de segurança foram para o meio da multidão para tirar de lá alguns manifestantes que estavam causando tumulto.

Em um ponto, a multidão formou uma corrente humana para impedir que os manifestantes mais agressivos de chegassem à linha de polícia. As autoridades usaram sirenes e alertaram as pessoas que estavam no ato para desbloquearem as vias ou correriam o risco de serem presas.

A Guarda Nacional do Missouri, que foi enviada ao local para conter a agitação que dura desde o dia 9 de agosto, quando um jovem negro foi morto a tiros por um policial branco, pareceu não estar envolvida nas operações de contenção da violência nos atos. Fonte: Dow Jones Newswires.