Como dois namorados que não se permitiram discutir muito a relação e partiram direto para a solução de quem "dá um tempo", Rafinha Bastos e Bandeirantes retomam as relações após dois anos de afastamento. Na próxima terça (27), o ex-apresentador do "CQC" volta à tela da emissora para fazer participações especiais no programa "A Liga", onde também atuava antes de deixar a emissora.

Rafinha não volta a integrar o elenco fixo da "Liga", mas estará em cena durante toda a temporada atual, que vai até o início de 2014. O programa previsto para a volta é "Mulheres no Funk". Já gravou também histórias para outras duas edições - uma sobre saúde mental e outra em torno do universo dos nerds.

Em 2011, o humorista deixou a Band motivado pela repercussão negativa de uma piada, dita na bancada do "CQC", envolvendo a cantora Wanessa Camargo, à época grávida. O negócio rendeu processo judicial, outras piadas, protestos, a fama de mau e um vácuo entre ele e os ex-companheiros do "CQC". "Eu teria uma semana pra falar sobre isso, mas não vou falar porque vou me arrepender amargamente", disse à reportagem, na terça-feira (20), em uma mesa do Frey Café, bar de sua propriedade, em São Paulo. Chama a atenção para o fato de nunca ter feito qualquer comentário sobre o que Marco Luque ou Marcelo Tas falaram sobre o episódio se sua saída. Também ressalta que brincou em várias ocasiões com o xis da polêmica que o afastou da Band, sem nunca ter desdenhado da emissora.

"Eu quero me reaproximar do Marcelo em algum momento e dizer: ‘cara, a gente construiu muita coisa legal, eu já vi muita coisa que você falou, não me ofendeu, não me agrediu, mas acho que a gente tem que parar de falar disso’. É como ex-namorada: depois de algum tempo, você vai lembrando que havia alguma coisa legal entre a gente."

A metáfora da namorada está concretizada nas relações com a Band em um vídeo protagonizado por Rafinha e publicado no YouTube, com direito a frases como "eu tava com saudade" e "eu também tava". No final, ele diz que "comeria... o bife", outra alusão à piada que resultou no fim do "namoro", dois anos atrás.

Veja o vídeo:

 


No fim das contas, o afastamento da Band lhe rendeu outras frentes de trabalho. Desenvolveu suas produções para a internet, criou o quadro de entrevistas 8 Minutos, produziu, escreveu e atuou em outros tantos vídeos, sem falar na versão nacional do Saturday Night Live que fez para a RedeTV! - apesar de já sepultada pela emissora - e da série no canal FX, que liderou a audiência entre os canais pagos no horário em que foi ao ar.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.