A Fiat antecipou a folga do feriado de Corpus Christi para seus funcionários. Segundo a montadora, a suspensão da produção em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, começou a valer nessa quinta-feira (24) e vai até esta sexta (25), por causa da falta de peças - mais um reflexo da greve dos caminhoneiros iniciada no início da semana em todo o Brasil contra o aumento do preço do diesel.

Segundo a fábrica, essa folga é justificada pela rotina feita todo semestre com duração de dois dias, permitindo uma parada técnica.

Leia mais:
Greve afeta supermercados e ameaça produção de veículos
Greve afeta funcionamento de 57% das escolas municipais de BH