A Ferrari T8 Tributo é a atual representante dos modelos com motor V8 central-traseiro de Maranello. Chegou há pouco para suceder a 488 GTB, mas a antiga carroceria ainda tem sobrevida nas versões para uso exclusivo em pista. A marca do Cavallino Rampante acaba de revelar simultaneamente a 488 GT3 Evo e 488 Challenge Evo. 

A primeira chega como opção para quem pretende disputar em competições da categoria GT3 da FIA em 2020. O carro segue todos os requisitos do regulamento para o ano que vem, mas passou por atualização para reduzir peso e melhorar a aerodinâmica. 

Segundo a fabricante, foram necessários mais de 18 mil horas de cálculos e simulações em CFD (sigla para Computational Fluid Dynamics), que reproduzem o comportamento real do automóvel em ambiente virtual. E, claro, incontáveis testes em túnel de vento. 

Tudo isso permitiu ajustar as aletas, difusores, saias e aerofólio, para tonar o carro mais competitivo, sem transgredir as rígidas determinações da FIA.

O 488 GT3 é um carro bastante leve em relação ao modelo de rua. E cada grama faz diferença na pista. Os engenheiros da Ferrari conseguiram tirar 2,4 quilos de “gordura” substituindo as tiras e fivelas do cinto de segurança do piloto. Sob o capô, o V8 biturbo 3.9 segue imaculado, de acordo com o que exige a FIA. 

Brinquedão
Se o 488 GT3 Evo precisa atender às rigorosas especificações da Federação Internacional do Automóvel, a versão Challenge Evo é bem mais flexível. Essa versão é uma opção para aquele cliente que busca um carro de corridas para chamar de seu. 

Ferrari 488 Challenge Evo

Ele conta com elementos aerodinâmicos, assim como assistentes eletrônicos que não são permitidos no regulamento da categoria GT3 da FIA, mas que tornam a pilotagem mais amigável. Ele conta com mimos como volante de competição (herdado do 488 GTE, que correu em Le Mans). Ele inclui diversas funções, incluindo borboletas para troca de marcha e até ajustes para os sitema de freios ABS. Por dentro, o bólido ainda é equipado com quadro de instrumentos com telemetria completa e monitor que substitui o retrovisor interno. 

O 488 Challenge ainda recebeu novos discos de freios, que segundo a Ferrari têm menor desgaste que os anteriores, assim como novos pneus Pirelli - 275/675 R19 (dianteiro) e 315/705 R19 (traseiro), que prometem melhor performance na pista, assim com maior durabilidade.

Mas se o amigo já é proprietário de uma Ferrari 488 Challenge e ficou triste que seu carro está desatualizado, não sofra. Os novos componentes e melhorias introduzidos no Ferrari 488 Challenge Evo também estão disponíveis como kits de atualização para carros existentes. Ou você achou que Tio Enzo iria te deixar na mão?