Depois de uma overdose de pílulas de informações e aparição no Big Brother, a Fiat finalmente lança o Pulse, seu primeiro SUV compacto, que chega para disputar segmento de acesso no ensolarado mundo dos utilitários-esportivos.  Com direito a um inédito motor turbo 1.0 e transmissão do tipo CVT, o jipinho de Betim estreia com metas ambiciosas.

 

Com preço inicial de R$ 80 mil, a Fiat quer tirar o atraso de anos de arremedos como Palio Weekend Adventure (que foi acompanhado de Doblò e Ideia com trajes de escoteiro), assim como o letárgico Freemont - que era um Dodge Journey asmático, feito no México. Assim, o modelo irá se posicionar num degrau que hoje é capitaneado por Chery Tiggo 3x, Honda HR-V e Volkswagen Nivus. 

A Fiat jura de pé junto que o Pulse não tem relação com o Argo, e que ele usa uma plataforma própria, a MLA, que tem especificações distintas da base do hatch (MP1). Mas não há como negar que são muito semelhantes em tudo. Principalmente nas laterais, onde compartilham as mesmas portas. 

Dessa forma, não há como não colocar na prateleira dos aventureiros que nasceram com base em compactos, como Chery Face, Honda Fit e Volkswagen Polo. Na apresentação para imprensa, ela posiciona o Pulse ao lado de modelos com Kicks e Tracker, que também foram desenvolvidos a partir de compactos citadinos.

O Pulse, no entanto, é mais largo e comprido que o Argo, pouca coisa, mas é. Ele mede 4,10 m de comprimento, 2,53 m de entre-eixos, 1,77 m de largura e 1,58 m de altura. O vão livre do solo é de 19,6 cm e os ângulos de ataque e saída na ordem de 20,4° e 31,6°. São valores que o qualificam como SUV, de acordo com as especificações do Inmetro.

Motores e versões

O Pulse será oferecido em três versões de acabamento: Drive, Audace e Impetus e será equipado com motor Firefly 1.3 de 109 cv e o novíssimo T200 1.0 turbo. A unidade 1.3 poderá ser combinada com caixa manual de cinco marchas ou com transmissão do tipo CVT, com emulação de sete velocidades. 

Já o bloco turbinado só será conectado à caixa de variação contínua. De acordo com a marca, a combinação do motor T200 1.0 turbo de 130 cv e 20,4 kgfm de torque, com o CVT garantirá ao Pulse consumo urbano na ordem de 12 km/l na cidade e 14,6 km/l estrada, abastecido na gasolina. Com álcool, a Fiat declara 8,5 km/l (urbano) e 10,2 km/l (rodoviário)

Ao todo são cinco opções no portfólio, que buscam preencher faixas de preços intercaladas com o primo rico, Jeep Renegade, que varia de R$ 97 mil a R$ 180 mil. E como todo bom Fiat, o Pulse contará com diferentes pacotes de conteúdos que fazem um nó na cabeça do consumidor.

Mas fato é que o modelo, em sua configuração mais sofisticada terá quadro de instrumentos digital, multimídia flutuante de 10,1 polegadas (com conexões sem fio Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, portas USB e USB-C), partida sem chave, ar-condicionado digital, vidros, travas e retrovisores elétricos, assim como bancos revestidos em material sintético. 

Por fora, a versão Impetus se destaca pelos exclusivos faróis de neblina (semelhantes ao do Compass), assim como as rodas de 17 polegadas. O Pulse ainda pode receber pintura em dois tons. Ele ainda conta com frenagem automática de emergência para obstáculos móveis e fixos, a até 30 km/h, alerta de colisão,  sensor de estacionamento e monitor de faixa de rodagem.

Conectividade

O Pulse ainda conta com sistema de conectividade da Fiat, que permite associar funções remotas ao smartphone e até mesmo smartwatch. Assim, é possível obter localização exata do carro e até mesmo definir raio de circulação, caso seja deixado com terceiros.O sistema ainda conta com alerta de furto.

Completa o conjunto o serviço de chamada de emergência e o roteador Wi-Fi para até oito aparelhos, que podem usar a banda larga 4G embarcada.

Suspensão

O Pulse contará com o trivial sistema de suspensão que combina conceito McPherson, no eixo dianteiro, e eixo rígido na traseira. Já os freios utilizam discos nas rodas da frente. Na na traseira, ele utiliza tambores. Ele ainda conta com controles de estabilidade e tração e assistência de partida em rampa.

Para ajudar nas aventuras além do asfalto, o Pulse conta com o bloqueio eletrônico de diferencial TC+, que é gerenciado pelo controle de tração. Ele funciona como o antigo Locker do Palio Adventure, travando a roda sem aderência e direcionando o torque para a roda em contato com o solo. Mas não se engane, não é um 4x4.

Versões e preços

Pulse Drive 1.3 MT -  R$ 79.990
Pulse Drive 1.3 CVT - R$ 89.990
Pulse Drive T200 CVT - R$ 98.990
Pulse Audace T200 CVT - R$ 107.990
Pulse Impetus T200 CVT - R$ 115.990