Uma das maiores iguarias da gastronomia mineira vai disputar mais espaço no mercado norte-americano em 2016. O pão de queijo da Forno de Minas, que já é comercializado nos Estados Unidos há 12 anos, deverá ser distribuído em 10 mil pontos pelo país até o fim do ano.

A meta da Forno de Minas é aumentar em pelo menos 50% as exportações para os EUA por meio de uma parceria com Cole’s Quality Foods, uma das líderes na distribuição de congelados no território americano.

Hoje, o pão de queijo da empresa já é vendido em 800 lojas distribuídas por cidades como Nova Iorque, Chicago e Pittsburg. A gerente de comércio exterior da empresa, Gabriela Cioba, explica que os EUA ficam com pelo menos 60% de tudo que a Forno de Minas exporta.

“Hoje já exportamos para Portugal, Chile, Uruguai, Canadá, Inglaterra, Emirados Árabes e Peru. Mas, nesse ano, ainda temos planos para penetrar nos mercados da Colômbia, México, Argentina e Japão. São lugares que possuem muitos brasileiros, que podem ajudar na divulgação da marca”, avalia.

Apesar da presença cada vez maior no mercado internacional, a empresa admite que o pão de queijo ainda não é um prato comum na dieta dos americanos. Para popularizar o produto, ações promocionais serão intensificadas.

“Precisamos ensinar aos consumidores como preparar e consumir pão de queijo lá fora. Vamos fazer muitas ações de degustação e demonstração do produto. O momento é de fechar as negociações com as grandes redes”, comenta Gabriela.