No Maranhão ele já é rei. Mas espalhar a majestade Brasil afora é a intenção do guaraná Jesus que, finalmente, chega aos supermercados de Minas Gerais. De sabor doce e coloração rosada, o refrigerante é produzido desde a década de 20, mas somente era comercializado em larga escala em alguns estados do Nordeste.

Com posicionamento de marca 'premium', o preço sugerido para a lata de 350ml é um pouco salgado: R$ 4,65. O que se sabe é que mais gente já ouviu falar no folclórico refrigerante do que o experimentou. Então, esta é a oportunidade. Estabelecimentos de São Paulo e Paraná também começam a vender 'Jesus'.

Leia mais:
Com nome diferente do usado no exterior, Coca-Cola Life desembarca no Brasil

Regional da Coca-Cola
Ícone da cultura maranhense, a bebida com traços de cravo e canela foi comprada pela Coca-Cola em 2001. Coca-Cola e Jesus, aliás, travam uma batalha pelo primeiro lugar em comercialização no Maranhão.

Apesar da venda para a companhia internacional, a expansão para outros mercados é gradual. “Hoje, mesmo sendo ainda um produto regional, o Guaraná Jesus é adorado por consumidores do Brasil inteiro. Em Minas Gerais, isso não é diferente”, afirma o gerente de Marketing da Coca-Cola Femsa Brasil, George Leite.