A Ford adotou uma estratégia de divulgação que consiste em fragmentar as informações. Quando revelou o Mustang Shelby GT500, informou que ele seria equipado com uma unidade V8 5.2 litros, combinada a uma transmissão Tremec de dupla embreagem e sete marchas, mas faltava falar sobre os números mágicos que esse “oitão” trazia nas entranhas. 

Agora a Ford resolveu contar o que ele oferece. Equipado com compressor mecânico, o V8 entrega nada menos que 770 cv e torque 86,4 mkgf. Valores que colocam esse Shelby como o Mustang (de série) mais potente da história, superando até mesmo o poderoso Super Snake que girava em torno de “medíocres” 750 cv.

Assim, o GT500 se posiciona como o muscle car mais potente do mercado norte-americano, desbancando os rivais Dodge Challenger SRT Hellcat (727 cv) e Chevrolet Camaro ZL1 (659 cv). Resta saber como esse pônei venenoso se comporta no quarto de milha.

Q8 por R$ 472 mil
A Audi acaba de lançar no Brasil o utilitário-esportivo (SUV) Q8. O modelo que ocupa o posto mais alto na patota dos utilitários das quatro argolas chega como opção que alia o refinamento do Q7 com esportividade de um cupê. Com preço sugerido de R$ 472 mil, é equipado com motor V6 3.0 turbo de 340 cv e módulo 48V que auxilia o motor. Ele chega para brigar com modelos como BMW X6, Mercedes-Benz GLE Coupe e até mesmo com o “primo” Porsche Cayenne. A lista de opcionais é farta e pode elevar o preço final para perto dos R$ 550 mil.

Estágio
A Volkswagen abriu o programa de estágio para atuar nas unidades de São Bernardo do Campo (SP), Vinhedo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR). São 88 vagas destinadas a graduandos dos cursos de Administração, Ciências da Computação, Ciências Econômicas, Direito, Engenharias, Publicidade e Propaganda / Jornalismo, Relações Internacionais e Secretariado. Podem concorrer estudantes que se formarão entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021. Informações no site da Volks: vw.com.br.

Protagonista
Automóveis fazem pontas no cinema há décadas. E no mês passado foram comemorados os 50 anos do lançamento do filme “Um Golpe à Italiana” (The Italian Job), a história de um grande furto de ouro em que as barras eram transportadas em três diminutos Austin Mini. Estrelado por Michael Caine, o filme teve locações em Londres, Dublin e até mesmo na famosa pista de testes na cobertura da fábrica da Fiat em Lingotto, distrito de Turim. Junto do astro, os carrinhos se tornaram protagonistas do longa refilmado em 2003 e que contou novamente com o Cooper.