A garota Ida Verônica Feliz, sequestrada há quase dois anos em Cuiabá, onde vivia com a família adotiva, foi localizada pela Interpol na região de Cassola, na Itália, informa a Polícia Federal.

Ida é filha de uma dominicana e de um italiano, que foram presos por tráficos de droga e haviam perdido a guarda da menina. Ela foi entregue aos cuidados de uma mãe adotiva em Cuiabá, em janeiro de 2013, e sequestrada em maio do mesmo ano, quando tinha oito anos.

Ela estava na Itália com os pais biológicos, os principais suspeitos de terem planejado o sequestro. Na época, como a polícia não havia localizado a criança em território brasileiro, depois de divulgar retrato dela e as características do sequestrador, a Interpol foi acionada.

Para a PF, a repatriação de Ida depende do consentimento das autoridades judiciais italianas. Ela é menor de idade e tem cidadania italiana. O Itamaraty vai acompanhar o caso.



As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.