O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, conta atualmente com 71,5% de aprovação no eleitorado da capital, segundo pesquisa do Instituto Paraná, divulgada nesta quarta-feira (7). O índice de desaprovação é de 24,6% e aqueles que não souberam ou não opinaram representam 4%. 

Ainda conforme a pesquisa, 53,4% dos entrevistados consideram a administração de Kalil ótima (13,3%) ou boa (40,1%). Outros 32,1% afirmaram que a gestão é regular, 6,1% disseram que é ruim, 7,3% que é péssima e 1,1% não opinaram.

Reprodução Paraná Pesquisas

Em relação à faixa etária, a maior aprovação está entre os eleitores com mais de 60 anos: 72,9% gostam da gestão do atual prefeito. Levando-se em consideração a escolaridade, a maioria (72,6%) que aprova Kalil possui Ensino Médio. Quanto ao sexo, 75,1% dos homens aprovam Kalil, contra 68,3% das mulheres.

Perguntados se tinham conhecimento da mudança do Plano Diretor de BH, aprovado pela Câmara Municipal, 24,4% afirmaram que sabiam e 75,6%, não. Entre os que tomaram conhecimento da mudança do Plano Diretor, 46,7% aprovaram a alteração e  39,1% não gostaram. Outros 14,2% não souberam dizer. 

Para a realização desta pesquisa foram ouvidos 806 eleitores, entre os dias 31 de julho e 4 de agosto de 2019. O grau de confiança é de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 3,5%.

 

Eleições 2020

Arte

Para as eleições ao executivo municipal em 2020, o atual prefeito tem 16,1% das intenções de voto nas respostas espontâneas. Em segundo lugar, o eleitorado indicou Patrus Ananias (0,9%) e em terceiro apareceu Antonio Anastasia (0,5%). Mas o cenário mostra indefinição: 71,5% responderam que ainda não sabem e 8,6% disseram que não votariam em ninguém.

Já quando a pesquisa foi estimulada, Kalil foi o nome com maior número de intenções de votos em três simulações diferentes. No primeiro cenário, ele atinge 40,2%. Em segundo lugar, o nome com mais intenções de votos foi Mauro Tramonte (19,5%), seguido de João Vítor Xavier (5%) e André Quintão (4,8%). 

No segundo cenário, sem o nome de Mauro Tramonte, Alexandre Kalil também se mantém na liderança com 47,3% das intenções, seguido de André Quintão (6,6%), João Vítor Xavier (6,2%) e Eros Biondini (5,2%).

E no terceiro cenário, quando são retirados três nomes (André Quintão, Mateus Simões e Marcelo Álvaro Antônio) e incluídos outros dois (Laura Serrano e Bruno Engler), o atual prefeito aparece com maior índice, 48.8%. Na sequência, estão João Vítor Xavier (7,1%), Eros Biondini (5,8%) e Áurea Carolina (4,8%).

Confira as três simulações abaixo:

1.PNG
2.PNG
3.PNG

Leia mais:
Maioria dos mineiros aprova governo Zema, revela levantamento do Instituto Paraná Pesquisa

PBH vai privatizar seis mercados; investimento pode chegar a R$ 100 milhões
Projeto de lei da PBH quer garantir R$ 100 por seis meses a lares carentes na capital