A partir de 5 de março Governador Valadares (MG) terá apenas um voo diário da companhia Azul. Atualmente são três frequências diárias para o Aeroporto de Confins. Segundo a companhia, o motivo é a falta de infraestrutura no aeroporto, que não conta com o sistema IFR, instrumento responsável por auxiliar os pilotos no momento do pouso da aeronave.

No dia 18 de dezembro de 2017 a Passaredo suspendeu voos em Governador Valadares por falta de aeronave. A companhia também teve que alternar suas aeronaves para Ipatinga por causa das condições climáticas. A Passaredo deixou de operar em dezembro último em Uberaba, Uberlândia e Ipatinga.

“Sem esse sistema, os níveis mínimos de segurança para pouso são elevados e, em qualquer condição meteorológica fora do padrão, a orientação para a companhia é cancelar ou alternar pousos para outros aeroportos, preservando a segurança de Clientes e Tripulantes. Tal prática vem ocorrendo com mais frequência, devido à maior instabilidade das condições meteorológicas em Governador Valadares”, diz o comunicado da empresa.

 

Clique aqui e leia mais no blog Tudo Viagem.