O governador Romeu Zema (Novo) determinou que o Estado antecipe o pagamento das parcelas dos repasses que são devidos aos municípios de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Mariana, na região Central do Estado. Os repasses são referentes a um acordo firmado com as prefeituras das cidades no dia 4 de abril deste ano. 

De acordo com o governo de Minas, "a iniciativa tem como objetivo auxiliar as administrações municipais das duas cidades mineiras atingidas por rompimentos de barragens".

Esta antecipação tem os mesmos critérios do acordo firmado com a Associação Mineira de Municípios (AMM) sobre o pagamento dos repasses em atraso relativos a tributos da gestão passada e de janeiro deste ano. 

Ainda conforme o Estado, o primeiro depósito será feito nesta quinta-feira (16), sendo que, com excessão desta primeira parcela, as demais serão pagas no final de cada mês.

Confira abaixo o cronograma estabelecido: 

Brumadinho

3 parcelas de R$ 1.092.873,40 cada (maio/junho/julho)
*Valor referente ao atraso de janeiro de 2019

30 parcelas de R$ R$ 173.751,50 cada (a partir de agosto)
*Valor referente aos atrasados da gestão anterior

Mariana

3 parcelas de R$ 1.666.414,81 cada (maio/junho/julho)
*Valor referente ao atrasado de janeiro de 2019

30 parcelas de R$ R$ 311.827,95 cada (a partir de agosto)

Leia mais:
Estado começa a pagar em 2020 parte da dívida de R$ 13,3 bilhões com municípios
'O Estado está falido, mas os prefeitos não pagarão a conta', diz Zema
À beira da falência, Mariana decreta estado de calamidade financeira e vai processar a Vale
Municípios querem mais garantias do governo para selar acordo sobre dívida