O governo de Minas abriu um processo de seleção para a vaga de superintendente central de Integridade e Controle Social da Controladoria-Geral do Estado. Interessados podem se inscrever pelo site Transforma Minas até o dia 20 de março. O salário é de R$ 6,6 mil e a carga horária é de 40 horas semanais, além de auxílio alimentação de R$ 47 por dia de trabalho.

Para concorrer ao cargo, é preciso ter ensino superior completo e conhecimento teórico e/ou prático comprovado em integridade e/ou controle social, além de experiência em cargos de liderança de equipes no setor público.

O superintendente deverá se articular com órgãos, entidades, organismos nacionais, internacionais e sociedade civil organizada, visando à implantação de ações de integridade e a disponibilidade de subsídios que viabilizem o aprimoramento de ações de participação e controle social. O trabalho será exercido na Cidade Administrativa. 

Leia mais:
Motoristas de aplicativos fazem protesto nesta quarta contra regulamentação do serviço em BH