Grupo Dog's Shop vai inaugurar quinta loja em BH nesta semana

Raul Mariano
rmariano@hojeemdia.com.br
02/09/2016 às 20:07.
Atualizado em 15/11/2021 às 20:40
 (LUCAS PRATES)

(LUCAS PRATES)

Quando a veterinária Paula Ferraz apostou na ideia de abrir o primeiro pet shop de Belo Horizonte, há 31 anos, ela não imaginava a o quanto o negócio daria certo. De uma pequena loja situada na avenida Brasil, a Dog’s Shop tornou-se uma rede de referência na capital e prepara-se para inaugurar a quinta unidade, dessa vez na região da Pampulha.[

Depois de unidades no Sion, Buritis e Funcionários (onde há também a Cat’s Shop), o espaço na Pampulha terá 360 metros quadrados. A nova loja demandou um investimento de cerca de R$ 500 mil e ganhou destaque nos detalhes da decoração e também no aproveitamento do espaço.


“Na Pampulha vamos manter as mesmas características de negócio, como o atendimento personalizado, mas é uma loja mais bonita e um imóvel muito novo. Tivemos a oportunidade de dar a essa loja a cara que gostaríamos”, explica o sócio e filho da fundadora da rede, Matheus Ferraz. A proposta para a nova unidade, explica, é continuar oferecendo a maior e melhor variedade de produtos como arranhadores, brinquedos, camas, roupas, coleiras, acessórios, mochilas de transporte e até fantasias, sempre com foco na melhoria da relação entre o animal e os donos.

“As rações continuam sendo a principal demanda, mas há também a procura por inúmeros acessórios. Hoje, os cães e gatos são tratados, cada vez mais, como verdadeiros membros da família”, explica o empresário.

Os diferenciais de atendimento também são apontados como uma marca registrada do grupo. “A equipe é superqualificada. Os vendedores têm muito tempo de casa e conhecem o clientes pelo nome”, destaca o sócio.Além disso, a Dog’s Shop não comercializa animais por entender que o petshop não é o local mais adequado para que os animais sejam mantidos à espera de um comprador.

Mercado

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) apontam que o Brasil é o quarto país no ranking de população de animais de estimação no mundo, com 132,4 milhõe[/TEXTO]s de pets.
Para se ter uma ideia do tamanho, o setor chegou, em 2015, a ocupar 0,37% do PIB nacional – número superior àqueles dos componentes elétricos e eletrônicos e automação industrial, por exemplo.

No primeiro semestre de 2016, a indústria brasileira de produtos para animais de estimação exportou US$ 107,1 milhões (FOB). Segundo a Abinpet, Hong Kong foi o destino de maior volume de produtos exportados pelo Brasil, somando US$ 14,5 milhões. Em seguida, figuram países da América do Sul, respectivamente: Paraguai (US$ 13,8 milhões); Uruguai (US$ 8,4 milhões); Argentina (US$ 8,3 milhões) e Chile (US$ 7,9 milhões).

“A Dog’s Shop foi pioneira por oferecer um grande mix de produtos em uma época em que não existia nem o hábito de dar ração aos animais”Matheus FerrazSócio da Dog’s Shop
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por