A principal delegação opositora da Síria chegou há pouco à Suíça. No entanto, ainda não está claro se o grupo irá participar ou não das negociações de paz nas Nações Unidas que buscam o fim da guerra civil síria.

As conversas começaram indiretamente na sexta-feira com uma reunião entre e a delegação oficial do governo sírio e membros da ONU. O Comitê de Altas Negociações (HNC na sigla em inglês), coalizão que reúne grupos contrários ao regime de Assad, boicotou a sessão dizendo que não participaria das conversas até que um conjunto de exigências fossem atendidas: liberação de detidos, fim do bombardeio de civis pelas forças russas e sírias e retirada de bloqueios do governo em áreas controladas pelos rebeldes.

Mais tarde, o HNC concordou em enviar uma delegação para se encontrar com representantes da ONU, mas mantendo a posição de que só iriá negociar caso as exigências sejam atendidas. A atitude do HNC de ir a Genebra deu esperança de que os esforços de paz na Síria pode realmente caminhar pela primeira vez desde que duas rodadas anteriores de negociações em afundaram em 2014. Fonte: Associated Press.