Haddad ajuda a grafitar muro apagado por universitários

Estadão Conteúdo
03/11/2014 às 11:18.
Atualizado em 18/11/2021 às 04:52
 (Reprodução)

(Reprodução)

O túnel José Roberto Melhem, no cruzamento da Avenida Rebouças com a Avenida Paulista, está sendo novamente grafitado depois que alunos de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) apagaram o desenho que existia ali para divulgar um evento universitário.

Produzido durante um festival de direitos humanos em 2013, o mural trazia o trabalho de diversos artistas. Para recuperar os desenhos, grafiteiros trabalham desde o entardecer de sábado, 1°, em um novo mural. A ação aconteceu até a noite deste domingo.

O prefeito Fernando Haddad também participou da iniciativa neste domingo e desenhou um Pato Donald no mural, divertindo os presentes. A mulher dele registrou o momento no Facebook.

Impasse

A Prefeitura se reuniu no dia 10 de outubro com grafiteiros e alunos do curso de medicina da USP para encontrar uma solução para o mural. Após a reunião, os universitários haviam se responsabilizado por repintar o muro para prepará-lo para uma nova intervenção artística, além de arcar com todos os custos do novo grafite. Eles ainda se comprometeram a não pintar em cima do mural nos próximos anos.

Confira vídeo postado no facebook

   (function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk')); Publicação by Ana Estela Haddad. http://www.estadao.com.br

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por