Ao longo da história, marcas asiáticas se apoiaram na indústria europeia para ganhar mercado. Modelos compactos e posteriormente automóveis de luxo e até esportivos. A Toyota é um exemplo. Há 30 anos, quando fundou a Lexus, e mais recentemente a Hyundai criou a Genesis para ser seu selo de prestígio no mercado internacional, principalmente na Europa e Estados Unidos. 

Se em 1989 o LS 400 foi apelidado de Mercedes japonesa, o Genesis GV80 poderia ser chamado de GLE coreano. Afinal, o novo jipão da Hyundai tem aspirações para concorrer com o SUV topo de linha da Mercedes-Benz, assim como BMW X5 e Audi Q7, no segmento de utilitários de alto luxo, mas sem cobrar o mesmo que os alemães cobram. 

Por fora, o desenho do GV80 fica marcado pelos faróis com dois filetes. O mesmo estilo se repete nas lanternas. A grade lembra o estilo adotado pela GM em meados da década passada e que garantem imponência ao jipão. 

O GV80 é grande, mas comporta apenas cinco ocupantes. O ideal são quatro passageiros acomodados com muito conforto. O padrão de acabamento impressiona e não deixa a desejar diante da trinca premium germânica, com uso de couro e materiais sofisticados por toda cabine.

Motor 

Sob o capô SUV coreano pode ser equipado com um motor 2.0 turbo de 300 cv ou uma unidade seis cilindros 3.0 turbodiesel de 278 cv e 60 mkgf de torque, que será oferecida na Coreia do Sul e, possivelmente, na Europa. Em ambos os casos, o jipão conta com caixa automática de oito marchas e opções de tração traseira ou integral.

Auto-escola

O pacote de conteúdos do modelo impressiona, principalmente em segurança. Ele oferece tecnologias como o controle de cruzeiro inteligente com aprendizado de máquina (SCC-ML). Segundo a Hyundai trata-se de uma tecnologia de navegação inteligente que utiliza inteligência artificial que, literalmente, pode aprender a maneira de guiar de seus motoristas e implementar uma direção autônoma semelhante à dos motoristas humanos.