A Toyota deu uma tacada certeira ao eletrificar os modelos de porte médio. Além do Corolla e do Prius, o utilitário-esportivo (SUV) RAV4 também entrou na onda e se tornou o SUV híbrido mais vendido no mundo em 2019, segundo palavras da própria fabricante. Mas fato é que o modelo tem tido bom desempenho: por aqui emplacou 3 mil unidades naquele ano. 

E, com a boa demanda, a Toyota resolveu lançar a linha 2020 do utilitário, que estreia com novidades no sistema multimídia. O jipão híbrido passa a contar com módulo que agrega Apple CarPlay e Android Auto. Pode parecer trivial, mas a Toyota custou a se render a esses sistemas.

A linha estreia em duas versões S Connect Hybrid (R$ 193.990) e SX Connect Hybrid (R$ 213.990). A primeira agrega multimídia de sete polegadas, quadro de instrumentos de TFT, também com sete polegadas, acionamento e desligamento do motor por botão (Engine Start/Stop Button), sistema de entrada inteligente (Smart Entry System), ar-condicionado digital automático dual zone com saída para os bancos traseiros e rodas aro 18.

Já a versão SX adiciona teto solar tipo Wide Moonroof, carregador de celular sem fio ou por indução (Wireless Charger), abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas com acionamento interno ou por sensor de movimento (passando o pé por debaixo do para-choque traseiro), sistema de transmissão com função Paddle Shift e pacote de segurança ativo Toyota Safety System (TSS), que inclui controle de cruzeiro adaptativo, monitor de faixa, faróis altos automáticos e sistema pré-colisão.

Motor e câmbio

O RAV4 é equipado com motor 2.5 de 178 cv e 22,5 mkgf, além de três unidades elétricas. Combinados, entregam 222 cv e 27,9 mkgf de torque. Tudo isso garante um comportamento excelente ao SUV, que utiliza um dos motores para tracionar as rodas traseiras. Ele acelera de 0 a 100 km/h em 8,1 s e atinge máxima de 180 km/h. Além de esperto, o jipão é econômico. Segundo a marca, ele tem médias de 14,3 km/l com de gasolina.