Se, por aqui, os utilitários-esportivos (SUV) são responsáveis pelo movimento predatório que praticamente extinguiu peruas e monovolumes, na Europa as “station wagon” têm público cativo, o que incentiva o desenvolvimento de novos modelos ou versões. Dacia e Hyundai engrossam o coro em defesa das peruas, com as novíssimas Logan MCV Stepway e i30 Tourer.

Partindo da perua romena, a Logan MCV Stepway passa a contar com o visual aventureiro originário do Sandero, que por lá também já foi aderido pelas minivans Lodgy e Dokker . Com novos para-choques, a peruinha segue a tendência aventureira que nasceu há cerca de 20 anos com o Volvo V70 XC, Subaru Forester Outback e Audi A6 Allroad.

Assim como a versão básica, ela oferece motor turbo 0.9 litro de 90 cv e 1.2 de 75 cv, além de opção turbodiesel 1.5 litro de até 90 cv, que podem parecer insuficientes para os 573 litros do porta-malas. Segundo a Dacia, a suspensão foi elevada em cinco centímetros em relação ao Logan MCV convencional.

Leia mais:

Audi Q3 ganha motor turbo flex

Perua coreana
Já a Hyundai levará para a mostra suíça a derivação perua da atual geração do hatch i30. Batizada de i30 Tourer ela é a sucessora do i30 CW, que foi importada para o Brasil entre 2010 e 2011. A nova geração tem desenho elegante, com direito a cadência em arco do vidro traseiro no melhor estilo Mercedes-Benz CLS Shooting Brake.

Em relação ao i30 hatch, a perua ganhou cerca de 25 centímetros de comprimento (4,69 metros), que eleva sua capacidade de bagagem para 600 litros, mas sem mudanças em seu entre-eixos, que continua com 2,65 metros. 

Por dentro, o acabamento também não sofreu modificações e a perua oferece os mesmos conteúdos com direito a módulo multimídia com conexão Apple Car Play e Android Auto, assim como controle de cruzeiro adaptativo, com o regulador automático do facho dos faróis.

Sob o capô, o i30 Tourer mantém a mesma linha de motores que parte da unidade três cilindros 1.0 turbo de 120 cv, como no HB20, mas a cereja do bolo é a unidade turbo 1.4 de 140 cv e 24,6 mkgf e caixa automatizada de dupla embreagem e sete marchas.