O Toyota Yaris é um compacto interessante, que oferece mais refinamento que o irmão feio, o Etios. No entanto, o Yaris está longe de ser um exemplo de vigor, principalmente quando comparado aos rivais do segmento que oferecem motores turbo e opções aspiradas de maior deslocamento, que esnobam potências que variam de 117 cv a 139 cv. Além disso, o Yaris não figura entre as opções mais tecnológicas da praça. 

E para tornar o carrinho mais interessante, a Toyota reorganizou o portfólio do compacto, que passa a ter o motor 1.5 de 110 cv e 14,9 mkgf de torque como principal motor tanto para o hatch como para o Yaris Sedan. Para isso ela promoveu um upgrade na versão XL Plus Tech, que teve o bloco 1.3 substituído pela unidade 1.5. A transmissão CVT passa a ser padrão para esse motor.

Conexão

Junto com a troca do motor, a versão passa a se chamar XL Plus Connect. A nomenclatura corresponde às versões que contam com sistema multimídia com conexão Android Auto e Apple CarPlay. O recurso abrange praticamente toda a linha, com exceção das versões básicas XL Live (sedã e hatch), que também são as únicas oferecidas com a unidade 1.3 e a opção de caixa manual. 

Mas o melhor de tudo é que os japoneses acordaram com espírito natalino precoce e não remarcaram o valor da versão. Assim, o Yaris XL Plus Connect será oferecido pelo mesmo preço sugerido anteriormente, ou seja, R$ 71.990 para a carroceria hatchback e R$ 75.190 para o modelo sedã.

Assista também!