Um homem armado invadiu a sede da rede de televisão NOS, exigindo poder falar ao vivo para o país.

Segundo Jan de Jong, diretor da Nos, o suspeito foi detido. O homem afirmou fazer parte de um "coletivo de hackers".

"Nós fomos contratados por agência de inteligência", o homem teria dito. Pouco tempo depois, quando a polícia chegou, o suspeito soltou sua arma e se rendeu pacificamente.

O incidente fez com que a emissora ficasse fora do ar por cerca de uma hora no final da tarde desta quinta-feira. A edição vespertina do noticiário local não fosse ao ar. Fonte: Associated Press.