Assim como a certeza de que toda quarta-feira tem futebol, é garantido que toda semana pipoquem convocações de recall. Esta semana, Honda, Mini e Nissan iniciaram campanhas para os modelos City, Fit, Countryman (foto), March e Versa. 

A Honda dá sequência ao processo de substituição dos airbags da Takata, que podem expelir fragmentos do invólucro em caso de as bolsas se inflarem, durante uma colisão. 

No caso do Fit, a ação envolve unidades fabricadas entre março de 2013 e abril de 2014. Já para o City, devem comparecer unidades produzidas entre abril de 2013 e junho de 2014. 

Os atendimentos terão início em 8 de outubro. Informações: www.honda.com.br/recall. 

Vale lembrar que há duas semanas um policial baiano, que se envolveu numa colisão a bordo de um Honda Civic, teve os ferimentos agravados pelos estilhaços da peça. Não dá para marcar bobeira. 

Countryman
Já a Mini acaba de anunciar um recall para o utilitário-esportivo (SUV) Countryman para aplicação de proteção da bomba de combustível. Segundo a marca britânica, a instalação de chapa de proteção no componente se faz necessária devido ao risco de rompimento da válvula da bomba, em caso de colisão severa, o que poderia provocar vazamento de combustível e um possível incêndio no veículo. 

Ao todo são 433 unidades envolvidas, fabricadas entre 1º de fevereiro de 2017 e 18 de julho de 2018. Os atendimentos podem ser agendados a partir de 5 de outubro. Informações: www.bmw.com.br.

Ignição
A Nissan, por sua vez, convoca proprietários dos modelos March e Versa para verificação e possível substituição do interruptor do sistema de ignição. 

De acordo com a fabricante japonesa, foi detectada uma falha na fabricação do componente, em que uma mola que atua junto ao miolo da ignição pode apresentar falha e desligar o motor de forma involuntária. Com o motor apagado, há o risco de acidentes, uma vez que o carro fica sem direção e com capacidade reduzida de frenagem.

Ao todo são 14.317 unidades afetadas pelo possível defeito, sendo que 12.891 são apenas do sedã Versa. Segundo a Nissan, as unidades foram produzidas entre março e novembro de 2017. As vistorias terão início em 1º de outubro. Informações: www.nissan.com.br.