Depois da suspeita de um funcionário ter contraído o coronavírus Covid-19, a Hyundai decidiu interromper as atividades na unidade de Piracicaba (SP). Hoje (24), a sul-coreana divulgou nota afirmando que o exame de seu colaborador deu negativo para doença. 

Ontem (23) a montadora já havia comunicado o fechamento da fábrica até amanhã (25). A partir do dia 26 começam as férias coletivas dos funcionários da linha de montagem. A retomada das atividades está prevista para o dia 13 de abril. No entanto, a fabricante informa que há possibilidade de estender a suspensão, conforme o desenvolvimento da pandemia de COVID-19 e as determinações das autoridades. Já o setor administrativo segue atividade, de forma remota. 

Outras linhas
Na sexta-feira (20), diversos fabricantes anunciaram suspensão de atividades por meio de férias coletivas, como medidas para prevenção contra a pandemia do coronavírus Covid-19. A maioria das plantas interromperão as atividades a partir de hoje (24). Algumas estenderão quadros o final da semana.

A Honda emitiu comunicado em que dará início às férias coletivas para o pessoal da produção a partir de amanhã (25) nas unidades de Sumaré e Itirapina, no interior de São Paulo. O recesso irá até dia 14 de abril, mas pode se estender até 27 de abril, caso ocorra determinação das autoridades.

Já os colaboradores do setor administrativo trabalharão no modelo remoto (home office). Setores que demandam presença, terão equipes alternadas. Na unidade de motocicletas, em Manaus (AM), as atividades estão mantidas até segunda ordem.

O PSA Peugeot-Citroën também suspendeu atividades. Desde ontem (23), a planta de Porto Real (RJ) está paralisada. Segundo o grupo francês a retomada está prevista para o dia 21 de abril, mas poderá ser ampliada caso a pandemia se agrave.

Outra francesa que anunciou suspensão de produção foi a Renault. De acordo com a marca, o interrompimento das atividades da unidade de São José dos Pinhais (PR), estava programado para o dia 25, mas a diretoria decidiu antecipar e desde ontem (23), a fábrica segue desativada. Segundo a marca, a suspensão seguirá até o dia 14 de abril.

A HPE Motors, responsável pelas atividades das marcas Mitsubishi e Suzuki, também está com as atividades paralisadas desde ontem (23). A empresa determinou fechamento da unidade por 60 dias. Já o time administrativo alocado em São Paulo, manterá atividades em escala remota.

A inglesa Jaguar-Land Rover também emitiu comunicado que as operações da unidade de Itatiaia (RJ) serão paralisadas amanhã (25) e deverão retornar no dia 27 de abril. A empresa irá deduzir os dias parados no banco de horas dos funcionários. As funções administrativas estão mantidas em regime home office.

Somam a essas montadoras, BMW, FCA, Ford, General Motors, Honda, Mercedes-Benz, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen e Volvo.