Foram reabertas, nesta segunda-feira (10), as inscrições para o concurso que irá preencher 500 vagas na Guarda Municipal de Belo Horizonte. O término será em 9 de julho e a taxa é de R$ 92,50. O boleto deve ser devidamente quitado até a data limite de 12 de julho. A prova objetiva de múltipla escolha será em 18 de agosto.

O concurso, aberto em 16 de maio passado, foi suspenso por decisão judicial. A prefeitura retificou o edital, destinando 10% das vagas a portadores de deficiência. Na prática, esta cota será de 10 vagas reservadas às mulheres e 40 vagas a homens.

O salário inicial na corporação é de R$ 1.851,21, mas há acréscimo de R$ 277,68 em razão da gratificação de disponibilidade integral e mais R$ 740,48 referente ao adicional de risco. A soma total é de R$ 2.869,37.  

As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Guimarães Rosa. O candidato que se declarar com deficiência deverá providenciar o envio – para endereços indicados na retificação – de cópia simples do CPF e laudo médico (original ou cópia autenticada). Para mais informações, clique aqui.

Prova e teste físico 

A avaliação será composta de 50 questões, sendo dez de Língua Portuguesa, 20 de Legislação, cinco de Noções de Informática, oito de Noções de Geografia Urbana e sete sobre a História de Belo Horizonte.

Cada questão da prova terá o valor de dois pontos. Para os candidatos serem aprovados nessa primeira fase, deverão alcançar, no mínimo, 60% dos pontos, e não zerar em nenhuma disciplina. No dia 20 de agosto serão divulgados os gabaritos preliminares.

Após a aprovação na prova objetiva, acontecerá o julgamento de títulos e 4 mil candidatos, que alcançaram as melhores classificações, serão chamados para teste físico, incluindo as pessoas com deficiência.

A prova física será composta dos seguintes testes:

Homens: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal;
Mulheres: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra estática.

Os candidatos aprovados em todas as etapas do concurso para o cargo de guarda municipal de BH, ainda deverão passar por um curso de formação, de caráter obrigatório.

Nas provas físicas, o concorrente com deficiência poderá usar tecnologias que já utilize no dia a dia, assim como durante o curso de formação e estágio probatório. Porém, não serão autorizadas adaptações adicionais.

 Inscrições e isenção

Os interessados podem se inscrever no concurso para guarda municipal de BH até o dia 9 de julho de 2019 pelo site da banca examinadora Fundação Guimarães Rosa (FGR). A taxa de inscrição é de R$ 92,50. O pagamento do boleto será aceito até 12 de julho.

Todas as pessoas que já tinham se candidatado e pagaram a taxa, até 17 de maio, são consideradas inscritas no concurso.

A isenção da taxa de inscrição poderá ser solicitada apenas por membros de família de baixa renda e por inscritos no programa CadÚnico. Para isso, devem preencher formulário específico de 10 a 12 de junho pelo portal da FGR. As mais de 6 mil solicitações de isenção já concedidas antes da retificação estão mantidas.

Leia também:
Concurso da Guarda Municipal de BH: inscrições serão reabertas nesta segunda
Concurso da Guarda Municipal ganha retificação; inscrições serão reabertas