O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), aparece em primeiro lugar na disputa pela cadeira do Executivo municipal e seria reeleito em primeiro turno com 56,5% dos votos. O cenário é apresentado em  pesquisa eleitoral divulgada pela Instituto Paraná nesta quarta-feira (30). 

No levantamento estimulado - no qual a Paraná Pesquisas apresentou 16 pré-candidatos - Kalil  é seguido por João Vitor Xavier (Cidadania), que tem 6,6%; Áurea Carolina (PSOL), com 4,5%, e  Rodrigo Paiva (Novo), com 3%. Na sequência, aparecem Bruno Engler (PRTB), com 2,4%, e o professor Wendel Mesquita (Solidariedade), com 2,3% das intenções de voto.

Nilmário Miranda (PT) tem 1,6%; Cabo Xavier (PMB) e Marília Garcia (PCO) têm 1,2% cada. Luisa Barreto (PSDB) ficou com 1%. Marcelo Souza e Silva (Patriota) e Wanderson Rocha (PSTU) têm 0,5% cada. Wadson Ribeiro (PCdoB) tem 0,4%; Fabiano Cazeca (PROS) e Lafayette Andrada (Republicanos) ficaram com 0,1%. Já Igor Timo (Podemos), que desistiu da disputa, teve 0,0%.

Na citação espontânea – na qual nenhum nome é apresentado ao entrevistado - Kalil tem 27,2,% das intenções de voto. A deputada federal Áurea Carolina (PSOL) aparece em segundo lugar, com 1,7%, seguida por João Vitor Xavier (Cidadania), com 1,3%. Na sequência, estão Bruno Engler (PRTB) e Rodrigo Paiva (Novo), com 0,7% cada. Nilmário Miranda (PT) ficou com 0,4% e professor Wendel Mesquita (Solidariedade) com 0,2%. Outros nomes citados somam 1,1%. 

Já os eleitores que não sabem ou não quiseram responder são 18,1% e os que declararam que não votarão em nenhum candidato são 11,2%.

Registro

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 820 eleitores entre 25 e 29 de setembro de 2020. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MG-06842/2020. A margem estimada de erro é de 3,5%.