A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional reconheceu nesta segunda-feira, 28, a situação de emergência de dez municípios nos Estados do Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro. A Portaria está publicada no Diário Oficial da União de hoje.

Foram reconhecidas situação de emergência nos municípios de Barcelos (AM), São Gabriel da Cachoeira (AM), Itabuna (BA), Aracruz (ES) e Ecoporanga (ES), em razão de estiagem na região; nos municípios de Itamonte (MG), Maricá (RJ) e Silva Jardim (RJ), em razão de inundações; e em Nova Tebas (PR) e Roncador (PR), por causa de chuvas intensas.

Em outra portaria, a secretaria estende o prazo de vigência dos efeitos da situação de emergência no município de Rondon (PR), em decorrência do novo desastre de enxurradas, até o dia 29 de agosto de 2016.

A União autorizou ainda, por meio de outra portaria do Ministério da Integração Nacional, o empenho e a transferência de recursos para ações de defesa civil em Palmitos, município de Santa Catarina. Foi autorizado o repasse de R$ 165,319 mil para execução de obras de recuperação de danos causados por enxurradas no local.

Ministério da Integração reconhece emergência de cidade mineira

Ao menos 21 pessoas morreram após chuvas no Estado de São Paulo

Minas tem 39 cidades em calamidade ou situação de emergência por causa da chuva