A Interpol divulgou nesta segunda-feira (12) que o ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, e dois membros de seu governo, estão na lista de procurados da entidade.

De acordo com o site da polícia internacional, o presidente deposto e seu ministro da Economia, Yuri Kolobov, são procurados pela Ucrânia por peculato e outros crimes financeiros. Já o ex-primeiro-ministro, Mykola Azarov, também foi listado pelas autoridades ucranianas, mas não ficou claro quais eram as queixas contra ele.

Yanukovich vive na Rússia desde que foi deposto pelos protestos de rua, em fevereiro de 2014. Segundo a agência de notícias russa Interfax, é pouco provável que as autoridades russas acatem qualquer pedido de extradição do ex-presidente. Fonte: Associated Press.