Apesar de 2020 ser considerado um ano para esquecer, a Volvo não tem do que reclamar. A marca sueca comemora a vice-liderança no segmento de automóveis premium. Deixou para trás Audi e Mercedes-Benz, acumulando 16,3% de participação no varejo de carros de rico. O percentual corresponde a 5.760 unidades, desde janeiro. Além disso, a marca se tornou líder no segmento híbrido plug-in premium, com 60% das vendas por aqui.

No entanto, em Minas Gerais, o cenário é diferente. Por aqui a participação da marca é bem aquém da média nacional. E a razão está na falta de capilaridade. Em todo o Estado só há uma concessionária, o que faz com que muitos clientes do interior busquem o carro em estados vizinhos ou apenas optem por outras marcas.

Triângulo

Para contornar a situação a marca anunciou que irá inaugurar uma loja em Uberlândia, para atender ao Triângulo Mineiro. Os executivos também estudam abrir um ponto de venda em Juiz de Fora, onde há interesse de concessionários em representar a marca. E por fim, não descartam instalação de outro unidade em Belo Horizonte.

Enquanto as novas lojas não abrem as portas, a Volvo tem investido para ampliar o número de pontos de recarga para modelos híbridos e elétricos. A bandeira da empresa são os modelos eletrificados, tanto que deixará de oferecer opções somente a combustão em 2021.

A marca tem sustentado a bandeira da neutra-lização das emissões de carbono até 2040. E como parte dessa estratégia prevê lançamento de um modelo totalmente elétrico por ano, até 2025. A marca já investiu mais de R$ 10 milhões na instalação de 700 pontos de recargas no país. Em Minas Gerais, há 19 pontos e ela espera duplicar até o final de 2021.

No entanto, ela garante que seus pontos de recarga não são exclusivos para clientes da marca. “Utilizamos o conector tipo dois, que é o mais popular no Brasil e equipa cerca de 90% dos modelos plug-in. Entendemos que é preciso ampliar a rede de carregamento e que não deve ser uma prioridade do governo, mas da indústria. Dessa forma, oferecemos carregamento gratuito para todos nossos clientes e para modelos que não sejam Volvo”, explica diretor de Marketing da Volvo para América Latina, Rafael Ugo.

Assista também!