JAC lança sedã elétrico E-J7 por R$ 260 mil, para concorrer com alemães a combustão

Marcelo Jabulas
@mjabulas
12/11/2021 às 07:56.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:14
 (JAC Motors/Divulgação)

(JAC Motors/Divulgação)

A JAC acaba de lançar no Brasil o sedã E-J7. Trata-se de um sedã elétrico, desenvolvido em parceria com a Volkswagen. Ele chega para concorrer não com os compactos eletrificados, mas com alemães premium com motores a combustão. 

Com preço sugerido de R$ 259.900, a JAC quer conquistar o consumidor que namora um três volumes alemão, com o argumento de ser o ser o sedã elétrico mais acessível do mercado. O chinês flutua numa faixa de preços em que estão compactos como Mini Cooper SE, Fiat 500e, Chevrolet Bolt EV e Renault Zoe, mas ele quer fisgar o sujeito que busca um BMW Série 3.

Grande, o modelo tem estilo fastback e 4,77 m de comprimento e 2,76 m de distância entre-eixos. Sob o capô, o E-J7 é equipado com uma unidade de 192 cv e 34 kgfm de torque. Segundo a marca, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos. Já suas baterias prometem 402 km de autonomia. As pilhas têm capacidade de 50,1 kWh. 

Por dentro o E-J7 se destaca pelo painel limpo, com um grande multimídia vertical ao centro. O sedã ainda com teto solar panorâmico e acabamento dos bancos em couro. Afinal, o modelo quer desbancar rivais como Audi A4 e BMW Série 3. Será?

Assista também!

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por