A cidade de Jacutinga, na região Sul de Minas, vai proibir a entrada de turistas a partir da próxima segunda-feira (18). A decisão foi tomada após a confirmação de dois casos de coronavírus em menos de 24 horas.

Agora, ônibus, vans e carros com pessoas de outras cidades não poderão entrar no município. A medida foi anunciada pelo prefeito Melquíades Araújo (SD) nas redes sociais.

Segundo ele, a suspensão de visitantes em Jacutinga foi tomada após a Secretaria Municipal de Saúde detectar que as infecções pela Covid-19 na cidade são de pessoas de outras localidades.

A exceção para entrada na cidade serão de pessoas que comprovem serviços essenciais. Quatro barreiras de contenção estão sendo montadas nas entradas do município, sendo elas no distrito de Sapucaí - divisa com o Estado de São Paulo - e nas saídas da cidade para Albertina (MG), Ouro Fino (MG) e Espírito Santo do Pinhal (SP).

Confira a decisão da Prefeitura de Jacutinga:

Em Jacutinga, os dois primeiros casos de Covid-19 foram confirmados pela prefeitura entre os dias 14 e 15 são de uma mulher, de São Paulo, que visitava parentes na cidade, e de um homem de 43 anos, que está internado no Hospital das Clínicas Samuel Libânio em Pouso Alegre.

Conforme o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, um jovem de 27 anos, natural de Jacutinga, morreu por conta do coronavírus Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas, na sexta-feira (8).

Capital das malhas

O município de Jacutinga é uma estância hidromineral na região Sul de Minas reconhecida nacionalmente como a "Capital Nacional das Malhas".  A cidade é responsável pela produção de 27% das malhas no Brasil. 

Leia mais:
Com aval da prefeitura de Contagem, América fará testes de COVID-19 a partir de terça-feira
Operação de fiscalização interdita bar no Padre Eustáquio por descumprimento de decreto
Seis dos oito tipos de sangue estão com estoque em estado crítico, alerta Hemominas