A Jeep divulgou detalhes sobre o novo SUV de sete lugares, cotado para chegar no segundo semestre de 2021. Segundo a marca, o modelo não será uma versão alongada do Compass, mas um modelo novo que compartilha a plataforma Small Wide.

A base, que é utilizada em diferentes modelos da FCA, como Toro, Renegade, Compass e 500X, será utilizada no novo modelo que ainda não tem nome definido. O que o executivos adiantam é que o modelo terá apenas motores turbo, diesel e flex. 

Muito provavelmente será esse o carro que irá estrear a unidade Firefly 1.3 turbo. Este motor e a versão 1.0 turbo deveriam ficar prontos já este ano. Mas devido à pandemia, teveram cronograma atrasado. A FCA não confirma qual será o modelo que irá receber o novo bloco, mas no início do ano, o presidente da FCA, Antonio Filosa, num encontro com jornalistas na Casa Fiat de Cultura, em Belo Horizonte, confirmou que o motor chegaria em um novo produto.

No entanto, vale lembrar que há um novo SUV programado para o primeiro semestre, que leva bandeira Fiat, este poderá receber  a unidade 1.0 de 130 cv. Trata-se de um modelo com base no Argo. Mas fato é que além do novo Jeep, Compass e Renegade também estão na fila para receber os novos motores, que são fundamentais para que eles mantenham fôlego no concorrido mercado de utilitários-esportivos. 

Desenvolvimento

O novo Jeep é um projeto totalmente desenvolvido no Brasil. O polo brasileiro venceu uma disputa com os centros de desenvolvimento na Ásia e Europa, como explicaram os executivos, em entrevista coletiva por videochamada. 

“Temos um centro de desenvolvimento com time de 1.200 profissionais envolvidos nesse projeto. Hoje, não precisamos adaptar um produto de outro mercado para o nosso. Temos condições de desenvolver um carro a partir do zero e ajustado para nossas condições geográficas e preferências do consumidor”, explica o responsável pela comunicação de produto da FCA para América Latina, Ricardo Dilser

De acordo com os executivos da FCA, projetos de menor complexidade foram postergados em até 90 dias. Já os de média complexidade em seis meses e os de alta complexidade em um ano. “Toda parte de matemática, continuou sendo desenvolvida durante a pandemia. Os profissionais levaram os computadores para suas casas e continuaram trabalhando nas simulações. Agora, com a retomada das atividades voltamos para os testes de protótipos”, explica Dilser. 

Gladiator

Outra promessa da marca para o Brasil, a picape Gladiator, que estava prevista para estrear em 2021 teve seu cronograma atrasado. Mas dessa vez a culpa não foi da pandemia e sim da demanda. 

Segundo a FCA, o carro que é feito na planta de Toledo, no Estados Unidos, que tem operado no limite para dar conta dos pedidos. Assim, o Brasil está na fila para quando folgar a linha e fazer suas encomendas. 

Aplicativo

Outra novidade é o aplicativo Jeep Trilhas, com versões para Android e iOS, que oferece roteiros de 32 trilhas off-road, em diferentes localidades do Brasil. O app também indica serviços próximos, como hotéis e restaurantes, além de um indicador de dificuldade, que aponta se é possível cruzar o percurso com 4x2 ou apenas 4x4.