Se o amigo anda pensando em como fugir do coronavírus, talvez as melhores opções sejam no alto de uma montanha, sem estrada. O problema é que para chegar lá no topo, você precisará de um carro valente, que desconhece a diferença entre o asfalta e a ausência dele. Esse carro existe e se chama Jeep Wrangler Rubicon, versão quatro portas e com farto porta-malas do clássico jipe americano. 

 

O líder alfa da Jeep acaba de chegar ao mercado por nada modestos R$ 420 mil. Mas é o que se cobra para um carro com uma capacidade inigualável de trafegar em terrenos acidentados. 

O Rubicon é equipado com motor turbo Hurricane 2.0 de 272 cv e 40,7 mkgf de torque. A unidade é integrada à uma transmissão automática de 8 marchas TorqueFlite, que conta com um sistema de controle de velocidade quando se aciona a caixa reduzida. 

A alavanca funciona como um joystick para ajustar a velocidade do Wrangler em travessias em terrenos acidentados, de forma mais precisa e segura do que tentar manter a velocidade com os pedais.

Evolução
Apesar de o visual do Wrangler ser muito fiel ao jipe militar da Segunda Guerra Munidial, o utilitário evoluiu bastante nos últimos anos. Se comparado à geração passada (JK), que ficou em linha entre 2007 e 2017, evolução é surpreendente. A começar pelo motor. 

A unidade 2.0 oferece mais torque e potência que o antigo V6 3.8, que bebia como dinossauro e ainda sofria com uma caixa de quatro marchas. Com a chegada do bloco Pentastar V6 3.6, que também era utilizado no Grand Cherokee, o Wrangler ficou bem mais esperto. Mas nada se compara ao Hurricane que, além da grande oferta de torque em baixas rotações, ainda se mostra mais eficiente. 

Gigante
Apesar de maior que o Wrangler tradicional, seus ângulos de ataque e saída são praticamente os mesmo, uma vez que seu entre-eixos foi alongado, preservando os balanços curtos. Assim, o modelo conta com 44 graus de ataque e 37 graus de ângulo de saída, o que lhe permite encarar barrancos bastante íngremes.

Como todo Wrangler, o Rubicon permite completa remoção de teto e portas e seu para-brisas pode ser rebatido sobre o capô. O jipão ainda é capaz de superar trechos alagados em até 76 cm, sem a necessidade de coletores de ar do tipo snorkel.

Mas quem gasta quase meio milhão num utilitário também exige refinamento. O Rubicon conta com pacote de conteúdos farto, com central multimídia de 8,4 polegadas, equipada com conexão Apple CarPlay e Android Auto, assim como câmera de ré e GPS nativo. 

O multimídia ainda conta inclinômetro, que permite conferir ângulos de inclinação lateral e longitudinal da carroceria. Trata-se de um recurso fundamental para uso fora de estrada, já que alerta sobre os limites de condução em condições íngremes de uma trilha, evitando um capotamento.

E se o amigo quiser fugir hoje para as montanhas, a Jeep oferece serviço de compra pelo seu site ou por telefone, que está em operação durante esses dias de confinamento social. E o melhor, com entrega à domicílio. É só abastecer e subir para até onde ninguém consegue chegar. Afinal, isolamento é isso!