O Senador dos EUA, John McCain, se reuniu com o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, e o primeiro-ministro do país, Abdullah Abdullah, em encontros separados, durante sua visita ao país nesta quinta-feira (25).

A maior parte das tropas dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) deixará o Afeganistão no dia 31 de dezembro, e as forças locais ficarão responsáveis por combater os militantes islâmicos que buscam tirar vantagem do potencial vácuo de segurança no país.

Ghani elogiou os sacrifícios das tropas dos EUA durante os 13 anos que permaneceram no Afeganistão, enquanto McCain enfatizou o apoio norte-americano de longo prazo ao governo afegão, de acordo com um comunicado divulgado pela presidência. Fonte: Associated Press.