A Justiça Eleitoral cassou os mandatos e afastou nesta quarta-feira (3) os prefeitos de Pirapora, no Norte de Minas, e Itabirito, na região Central do Estado. São eles, respectivamente, Marcella Ribas Fonseca e Alex Salvador, ambos do PSD. 

Os vice-prefeitos também foram retirados temporariamente do cargo e, nas duas cidades, os presidentes da Câmara Municipal vão assumir o comando do Executivo até a posse dos novos eleitos.

Marcella Machado Ribas Fonseca teve confirmada a sua cassação por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. No caso do prefeito de Itabirito, Alexander Silva Salvador de Oliveira, a condenação se deu também por causa de abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos financeiros nas eleições de 2016.

Os prefeitos afastados podem recorrer tanto da condenação quanto dos seus afastamentos dos cargos.

As novas eleições ainda serão marcadas pelo tribunal.