O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) está tendo de investir na ampliação da estrutura de algumas cidades onde a biometria passará a ser obrigatória a partir do ano que vem, quando acontecem eleições municipais. Em Juiz de Fora, Nova Lima, Conselheiro Lafaiete, Raposos e Caratinga, foi necessária uma busca por novos espaços para atendimento aos eleitores.

Em Juiz de Fora, a Central de Atendimento ao Eleitor instalada na Câmara Municipal (Rua Halfeld, 955, centro) foi reaberta na segunda-feira (1º). Ela havia sido interditada no dia 3 de junho, por causa dos danos provocados no imóvel por uma chuva forte que caiu na cidade.

A Central, que inicialmente tinha 21 guichês, agora conta com 26, sendo 12 para os eleitores que fizeram agendamento, 11 para o atendimento por ordem de chegada e três para os atendimentos prioritários. Os eleitores da cidade também podem buscar atendimento na sede dos cartórios (152ª, 153ª, 315ª e 349ª ZEs), na avenida Presidente Itamar Franco, 1420, no centro.

Já em Caratinga, foi inaugurada uma Central de Atendimento ao Eleitor, na Avenida Benedito Valadares, 15, no centro da cidade, com oito guichês. Ela funcionará até o fim da revisão biométrica, em fevereiro de 2020. A sede da 72ª Zona Eleitoral continua funcionando na avenida Tancredo Neves, 135. A zona eleitoral abrange também os municípios Bom Jesus do Galho, Córrego Novo, Entre Folhas, Pingo D'Água e Vargem Alegre.

Em Conselheiro Lafaiete, os cartórios da 87ª e 88ª zonas eleitorais estão funcionando em novo endereço a partir desde terça-feira (2): Rua Narcisio Júnior, 343, bairro Campo Alegre. A nova sede conta com seis guichês de atendimento, quatro a mais que a anterior. As duas zonas eleitorais abrangem os municípios Casa Grande, Catas Altas da Noruega, Cristiano Otoni, Itaverava, Lamin, Ouro Branco, Queluzito e Santana dos Montes.

A 194ª Zona Eleitoral, de Nova Lima, funcionará em uma nova sede a partir desta quinta (4): avenida Rio Branco, 34, centro. O cartório continuará tendo dez guichês para atender os eleitores, mas o novo imóvel é totalmente acessível, para garantir mais conforto.

Em Raposos, município que pertence à 194ª ZE, foi instalado um posto de atendimento na Câmara Municipal, na Praça da Estação, 32, no centro da cidade. Ele funcionará até o fim de agosto, de segunda a sexta-feira, de 13h às 18h.

Atualmente, 175 municípios mineiros estão passando pela revisão biométrica. O prazo para comparecimento do eleitor varia entre outubro deste ano e fevereiro de 2020.

Como fazer

Para fazer o recadastramento biométrico, basta comparecer a um cartório eleitoral, posto ou central de atendimento levando documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. São aceitos como documento a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento.

Não são aceitos a carteira de habilitação e o novo passaporte. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos). Para se evitar filas, o atendimento pode ser agendado no site do TRE ou pelo Disque-Eleitor (telefone 148), mas os eleitores também podem ser atendidos por ordem de chegada.

Leia mais:
Recadastramento biométrico é realizado neste fim de semana em três cidades da RMBH; veja onde
Biometria será obrigatória em mais 19 municípios mineiros; recadastramento já começou