A Kia anunciou a chegada do compacto Rio. O modelo chega para disputar mercado no segmento de compactos e a estreia está programada para a primeira quinzena de janeiro. Ele será oferecido em duas versões: EX e LX, com preços que devem girar entre R$ 70 mil e R$ 85 mil. No entanto, a Kia afirma que os preços só serão definidos na véspera do lançamento, já que dependem da cotação do dólar.

Para brigar no segmento em que Yaris e Polo são as principais referências, e que ainda conta com o novo Onix, o Rio chegará equipado com o conhecido motor 1.6 de 130 cv, que por aqui equipa o HB20. 

A transmissão também não é novidade para o consumidor. Trata-se da mesma caixa automática de seis marchas do primo coreano. O ideal seria a marca optar também pela unidade turbo 1.0 TGDI, que estreou no novo HB20, que promete mais eficiência que o 1.6.

Se o motor não acompanha a tendência do segmento, a cesta de conteúdos do Rio está bem parelha com o que seus rivais ofertam. Assim, ele oferece ar-condicionado digital, direção elétrica, multimídia (com Apple CarPlay e Android Auto), vidros elétricos nas quatro portas, espelhos retrovisores com ajustes elétricos e faróis de neblina. 

Ele ainda poderá ser equipado com teto solar, faróis de neblina e rodas aro 17, mas a Kia também irá detalhar o pacote de série perto do lançamento, já que precisa encontrar o preço ideal, o que poderá suprimir alguns itens.

“Na categoria hatch compacto, na qual está inserido, o Kia Rio terá uma posição de destaque, por seu design exterior, qualidade superior de acabamento e itens de conectividade ao público que se destina, o de jovens. Por ser um dos modelos mais vendidos da Kia Motors no mundo, temos convicção que o Kia Rio também cairá no gosto do jovem consumidor brasileiro”, prevê o presidente da Kia Motors do Brasil, José Luiz Gandini.