Depois de apresentar um teaser com detalhes do novo visual, a Nissan acaba de apresentar a linha 2022 do Kicks. O SUV chega com visual renovado, novos conteúdos e preços que vão de R$ 90.390 a R$ 119.890. E fomos conferir o jipinho, antes mesmo do lançamento.

 

A grande novidade do SUV japonês está no estilo frontal renovado. O Kicks ganhou novos para-choques, faróis e grade. Na traseira, ele também recebeu ajustes nas lanternas e tampa do porta-malas. O tapinha no visual já tinha sido aplicado em outros mercados e chega para rejuvenescer o modelo que está na ativa desde 2016.

Por dentro
Se, por fora, o jipinho ficou mais invocado, por dentro ele também evoluiu. A Nissan passa a oferecer um novo sistema de áudio, fornecido pela Bose, que oferece excelente qualidade de áudio. No entanto, a grande sacada está no par de tweeters instalado no encosto de cabeça, que melhoram a qualidade de áudio e também tornam as conversas por viva-voz mais nítidas.

Na prática, as caixinhas ao pé do ouvido valorizam bastante a qualidade sonora. Ele entrega os agudos sem a necessidade de subir demais no equalizador. O resultado agrada bastante.

Outra novidade é o multimídia. Ele ganhou um sistema novo, mais prático que o anterior e que agrega Apple CarPlay, Android Auto, câmera 360 graus e duas portas USB, sendo que uma delas é no padrão USB-C. O pacote ainda conta com quadro de instrumentos parcialmente digital, partida sem chave e ar-condicionado digital. 

O pacote de segurança, que já conta com frenagem emergencial e alerta de colisão, passa a oferecer sensores de ponto cego, monitor de faixa e sensor de tráfego cruzado em ré. 

Motor
Debaixo do capô o Kicks não traz novidades e manterá o mesmo motor 1.6 de 114 cv e 15,5 kgfm de torque. A unidade é combinada com transmissão CVT, mas a opção de entrada Sense pode ser equipada com caixa manual.

Ao volante
O novo Kicks não muda praticamente nada em relação ao anterior. O SUV continua sendo um automóvel agradável de dirigir. Ele veste muito bem e entrega muito conforto. O acréscimo de itens de segurança faz dele uma opção atraente para quem busca um jipinho para ser o veículo da família.

A falta de fôlego do motor é o que mais incomoda. No entanto, não se trata de uma unidade esquálida. Ele tem torque próximo do que o motor 1.0 turbo do Tracker oferece. A diferença é que no bloco da GM a entrega é quase imediata. No Kicks as respostas são lentas.

Segundo um dos engenheiros responsáveis pelo projeto, Ricardo Abe, o motor atende bem aos clientes. De acordo com Abe, trata-se de uma unidade que oferece boa eficiência e tem manutenção menos complexa que um motor turbo. “Colocar ou não um motor turbo é uma decisão corporativa. Hoje, o motor corresponde às expectativas do nosso consumidor, que busca baixo consumo e menor custo de manutenção”, comenta.

Versões e preços
1.6 Sense (manual) – R$ 90.390
1.6 Sense (CVT) – R$ 98.390
1.6 Advance (CVT) – R$ 106.390
1.6 Advance (CVT) Pack Premium – R$ 108.390
1.6 Exclusive (CVT) – R$ 116.390
1.6 Exclusive (CVT) Pack Tech – R$ 119.890