A KCNA, agência estatal de notícias da Coreia do Norte, disse que o ditador do país, Kim Jong-un, acompanhou os testes de lança-foguetes de longo alcance, um dia depois de a Coreia do Sul ter identificado mísseis de curto alcance na costa oriental da península coreana.

De acordo com a KCA, Kim expressou satisfação sobre os testes neste sábado e que salientou que as tropas do país "mantenham postura de alerta alto" e melhore a capacidade de combate para "defender a soberania política e a autossustentação econômica do país".

Os exercícios militares foram um sinal da crescente frustração de Pyongyang nas negociações diplomáticas com Washington. Fonte: Associated Press.