Desde a década de 1970, os games trilham um caminho de evolução. Gráficos, jogabilidade, enredo se sofisticaram para entregar uma experiência imersiva ao jogador. No entanto, um quesito fundamental na interação com o game muitas vezes fica em segundo plano. O áudio.

O som do jogo se tornou tão importante quanto a imagem projetada na tela. E não estamos falando da trilha sonora, que amplifica momentos de tensão como num filme. Mas de pequenos ruídos, que viram sutilmente dentro de nossos ouvidos e que podem revelar detalhes preciosos. Sons que indicam inimigos, que dão a posição do adversário.

Mas para ter uma boa experiência sonora é preciso um bom fone de ouvido. Dizer que não dá para utilizar aquele “foninho” mequetrefe de celular, seria mentira. Mas a diferença para um equipamento desenhado para games modifica totalmente a experiência de jogo.

Testamos o Legion H300 da Lenovo. Trata-se de um headset projetado para games. A começar pelo formato. Grande, esse fone tem dois drivers acolchoados de 50 mm, que isolam as orelhas. 

Com dois arcos, a armação externa em metal garante a pressão para manter o equipamento bem encaixado à cabeça. Trata-se de um recurso funcional, que vai muito além do design. Isso porque as hastes de plásticos tendem a se alargar com tempo de uso, reduzindo a qualidade do som.

Detalhes

O H300 também conta com microfone embutido. Seu “tubinho” pode ser recolhido para dentro do driver. Assim, quando o jogador não estiver conversando, não precisa ficar com o microfone perto da boca.

O fone conta com cabo revestido em tecido, que reduz o risco de dobras que podem romper a fiação. Ele também tem um controle de volume e “abertura” do microfone. A regulagem do áudio evita que o jogador perca tempo procurando o comando de som no teclado, ajustando o volume no console, o que geralmente demanda parar a jogatina. 

Na prática

O fone se encaixa basicamente em todos os joysticks do mercado. Algumas versões de controles do Xbox One exigem adaptador para porta do tipo P2. Para uso no PC, o headset ainda conta adaptador de saída dupla, para máquinas que têm entradas distintas para o fone e o microfone.

Na prática

A qualidade de som do Lenovo H300 impressiona. Ele consegue entregar timbres de grave, médio e agudos com muita qualidade. Durante os games, é possível perceber ruídos que literalmente não são audíveis quando se joga com o áudio do televisor ou dos falantes do computador. Para quem joga games de tiro online, o fone é um aliado poderoso e permite ouvir inimigos se aproximando, assim como identificar a direção dos tiros.

Para ouvir música, assim como para assistir a filmes, o fone é espetacular. O grande senão é que ele é pesado. Para garantir todo seu poder de fogo, são 350 gramas que, com o passar do tempo, podem pesar na moleira. Ao redor das orelhas, o revestimento acolchoado garante muito conforto e não espreme a cabeça. Mas o ideal é usá-lo em cadeiras com encosto de cabeça, para não forçar o pescoço depois de muito tempo de jogo. As dimensões também não colaboram para uso em viagens. O equipamento é grande e também ocupa muito espaço na mochila.

Palavra final

O Legion H300 é um fone que entrega excelente qualidade de som, mas com preço acessível (R$ 430), que atende perfeitamente a um gamer, como quem não está nem aí para videogame. Para quem joga de forma competitiva é um equipamento crucial para se obter desempenho, assim como é uma boa pedida para aquele gamer solitário, pois o ganho de imersão é impressionante.