Tradicional em Belo Horizonte, a loja Enxovais Lua de Mel anunciou que vai fechar as portas definitivamente. A pandemia do novo coronavírus é o principal motivo do encerramento das atividades do estabelecimento, segundo o proprietário Eduardo Martins.

De acordo com o empresário, a insegurança é grande. "Não vale a pena investir na situação em que a capital está. Depois de meses fechado, hoje estou funcionando. Mas não sei como será na segunda-feira".

A loja Enxovais Lua de Mel foi fundada há 38 anos. Atualmente, são duas unidades no Centro da metrópole. Juntas, as lojas empregam dez funcionários, sendo que o mais antigo tem duas décadas de casa.

Até que o estoque seja totalmente liquidado, a loja permanecerá aberta. "Tenho grande volume de produtos para venda. Com permissão para abrir somente por três dias na semana, acredito que o estoque dure por mais uns dois meses. Mas os funcionários já foram avisados sobre o fechamento", relatou Martins.

O empresário afirmou que, agora, prefere focar em outros negócios. "Sou advogado atuante e dono de uma construtora. Teria que tirar dinheiro dela para investir nas lojas. Mas, neste momento, prefiro focar na construção civil.", contou.

Em nota, a prefeitura de BH lamentou o fechamento das empresas por causa da pandemia, mas destacou que priorizou a vida e a assistência à saúde da população. "Para isso, adotou critérios rígidos de distanciamento social para controlar a disseminação do vírus e para evitar o maior número de mortes", destacou.

Além disso, o Executivo garantiu que sempre negociou com todas as áreas para "construção conjunta nesse processo de reabertura, com definições e critérios baseados nas premissas sanitárias e nas diretrizes científicas e alinhados às necessidades apontadas pelos lojistas".